Dons não asseguram um comportamento santificado do crente


Uma igreja onde ocorre a manifestação de dons espirituais pode abrigar crentes nitidamente carnais? Se isso acontece, a culpa é dos dons de Deus ou de seus portadores? Na realidade, os dons não asseguram um comportamento santificado do crente. Essa era a real situação da igreja de Corinto. Internamente ela estava perdendo a qualidade espiritual e, externamente, sua influência missionária. Essas perdas se davam em razão de muitos crentes moverem processos judiciais entre si na justiça secular. Enquanto isso acontece entre os irmãos, as consequências podem ser desastrosas (Pv 18.19) . Apesar de tudo, o amor de Deus levou Paulo a tratá-los carinhosamente de “irmãos” mais de vinte vezes ao longo de sua primeira epístola. Será que somos melhores e mais santos que os coríntios?

A falta de comunhão fraternal na Igreja de Conríntio

As discórdias pessoais. “Tendo algum negócio contra o outro” (v. 1). Alguns crentes, por motivos pessoais, egoístas e banais costumavam levar outros aos tribunais, acionando juízes pagãos, como era o costume da época. A gravidade da advertência de Paulo estava no fato de que tais juízes arbitravam as demandas segundo as leis, idéias e costumes do paganismo reinante entre os gregos e romanos.

A falsa espiritualidade. O capítulo 14 de I Coríntios revela que nos cultos em Corinto havia bastante movimento, demonstrações “carismáticas”, declarações em línguas, cânticos, profecias, exposição doutrinária, mas também muitas meninices, superficialidades e emocionalismo, que não devemos confundir com as reais “manifestações do Espírito (l Co 12.7).

 Imaturidade diversa (vv.1 ,5,7). É verdade que aqui na terra não se acha pessoa nem igreja perfeitas até a volta de Cristo (Ef 5.26,27; CI 3.4). Quando Paulo fala a respeito de “suportar” uns aos outros em amor (Ef 4.2), é exatamente por causa disso. Se a diversidade de temperamentos, de personalidades, de formação e de mentalidade for ignorada, e se também não for controlada, pode motivar conflitos os mais diversos por toda parte.

Fonte: Lições Bíblicas – 2° Trimestre de 2009.   Pág.29, 30 . Comentarista: Antonio Gilberto

Anúncios

O que você a dizer o blog Lições Bíblicas? Sua participação é muito importante para que possamos saber sua ideia, ou sua sugestão por meio de seu comentário. Junte-se a nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: